JOGRAL PARA O DIA DOS PAIS

PAI
 
De Emílio Carlos
 
Quando eu era pequenino
Você me segurou
Com suas mãos grandes e fortes
Você me amparou
 
A luz forte do hospital
Eu abri os olhos meio assim
E naquela hora eu pude ver
Que você sorriu pra mim
 
Você me levou pra casa
Cuidou da mamãe e de mim
E no meio da madrugada
Vinha sempre olhar pra mim
 
Quando eu comecei a falar
Eu também te chamava
Dizia “pa” e depois “papa”
Dizia papai e te abraçava
 
Quando eu comecei a andar
Segurava forte na sua mão
E me equilibrava meio sem jeito
Pra não cair no chão
 
Na hora em que eu me machucava
Era pra mamãe que eu corria
Mas na hora de fazer farra
Era você que eu queria
 
A gente já soltou pipa
Até andou de bicicleta
E se lembra de quando
Eu vesti sua cueca?
 
Brincou de cavalinho
Jogou bola de montão
E se lembra de quando
Fomos ao parque de diversão?
 
Nesse dia de alegria
Tenho uma coisa a dizer:
Quando eu crescer
quero ser igual a você.
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam pela moderação antes de serem publicados.